NOVIDADES › NEUROLOGIA

Fibromialgia

Fibromialgia

A dor crônica é um sério problema de saúde pública afetando 15% da população dos países ocidentais. Existe várias causas de dores crônicas, sendo uma delas a doença chamada Fibromialgia.

A fibromialgia é caracterizada por uma dor crônica generalizada pelo corpo e afeta aproximadamente 2 a 4 % da população mundial. Além das dores generalizadas pelo corpo, os pacientes com fibromialgia também costumam apresentar fadiga, distúrbios do sono, déficits cognitivos, depressão e ansiedade.

A causa da fibromialgia ainda não é totalmente reconhecida pela comunidade científica e seu tratamento muitas vezes é de difícil condução. Acredita-se que uma das causas da fibromialgia esteja relacionada com uma predisposição tanto genética como comportamental, o estresse do dia-a-dia e fatores traumáticos emocionais pregressos. Porém disfunções em sistemas bioquímicos cerebrais também estão sendo mais recentemente identificados em pacientes com fibromialgia, em estudos por imagem do cérebro. Como dito, os fatores psicológicos estão intimamente relacionados com a fibromialgia. Pacientes com dores crônicas desenvolvem uma tendência á  aumentar a tensão muscular quando preveem um possível estímulo doloroso, o que altera, em longo prazo, a sua sensibilidade á dor.

Como tratamento desta patologia, existe o tratamento medicamentoso, que pode ser feito com vários tipos de remédios, dependendo do caso, e envolve medicações anti-depressivas, anti-convulsivantes, neuroléptios, analgésicos, etc.

É importante salientar que essas medicações são utilizadas para o tratamento de VÁRIAS doenças, não só as patologias psiquiátricas que seus nomes levam, dentre elas, as dores crônicas, como a fibromialgia. Os seus nomes dizem respeito á sua “classe” de medicação que, como anteriormente dito, podem ser usadas pelo médico especialista no tratamento de DIVERSAS doenças. É muito comum o paciente ficar preocupado em utilizar essas medicações por medo. Esta situação deve ser discutida com seu médico especialista para que este possa lhe explicar o porque de seu uso, objetivos e possíveis efeitos colaterais.

O tratamento psicoterápico é muito importante para pacientes com fibromialgia, uma vez que as  dores crônicas também são bastante influenciadas por memórias e vivências pregressas. Métodos cognitivos, comportamentais e demais abordagens psicoterápicas são capazes de modular as respostas cerebrais em presença de um estímulo doloroso específico, enquanto o tratamento medicamentoso age de forma mais inespecífica nessa modulação.

A mudança para hábitos de vida mais saudáveis e aumento na realização de atividades físicas também é um dos principais objetivos do tratamento da fibromialgia.

Em conclusão, a fibromialgia é uma doença bastante comum, cujo tratamento é complexo e deve ser individualizado caso-a-caso pelo médico especialista.

 


NOVIDADES
Fibromialgia
Postado em 25/06/2017
Hérnia de Disco
Postado em 02/01/2017
CONTATO


Eu
Consultório
Clínica Neurológica
Trav. Dom Romualdo de Seixas, 1698
Ed. Zion Business, sala 2303
CEP: 66055-200, Bairro Umarizal
Belém-Pará-Brasil
Veja como chegar
Fone: (91) 3038-1088
Email: caflobao@yahoo.com.br
Ambulatório Hospitalar
Hospital Saúde da Mulher
Trav. do Chaco, 1503, 1º andar
CEP: 66085-220, Bairro Marco
Belém-Pará-Brasil
Veja como chegar
Fone: (91) 3181 7000 | 3239 9000
Copyright @ 2012 - Todos os direitos reservados